22
Mai 08

Alimento completo! Assim pode ser definido o leite materno que possui mais de 200 constituintes entre proteínas, açúcar, minerais e vitaminas com gordura em suspensão. Com agentes imunológicos e nutricionais doados pela mãe, o leite humano tem desempenho terapêutico especifico a saúde além, é claro, de ser fundamental para o crescimento e desenvolvimento da criança.

"O bebê amamentado com o leite humano vai ter um colesterol mais controlado na fase adulta evitando o surgimento de diversas doenças cardiovasculares", alerta a nutricionista Roseli Rossi. No entanto, o aleitamento materno também faz bem para a saúde da mãe, pois reduz o risco de câncer de ovário e mama.

Os agentes imunológicos repassados da mãe para o filho através do leite protegem a criança de doenças infecciosas, crônicas e diarréias. Com isso, reduz a mortalidade infantil em decorrência de doenças comuns na primeira infância (pneumonia e diarréia) e ajuda na recuperação durante enfermidades.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que o aleitamento materno se estenda até o final do segundo ano de vida. O leite humano fornece toda a energia e nutrientes necessários para os primeiros seis meses de vida e continua a fornecer de 1/2 a 1/3 das necessidades da criança até o final do segundo ano de vida.

Adequado para o bebê, o leite materno tem uma composição única para atender as necessidades do ser humano. Dentre os diversos nutrientes, os ácidos graxos (AG) merece atenção devido ao papel do ômega 6 e ômega 3 no crescimento e desenvolvimento. Segunda a FAO/OMS - 1995 a relação de 4:1 até 10:1 (ômega 6: ômega 3) seria ótima para o desenvolvimento da criança e prevenção de doenças na fase adulta.

Os ácidos graxos de cadeia longa têm funções e processos biológicos relacionados com o crescimento ponderal adequado, desenvolvimento adequado do sistema nervoso central e neurológico, influência sobre a consistência das fezes, modulação da resposta imunológica, absorção de diferentes nutrientes, amadurecimento de estruturas relacionadas com a visão ótima da retina, influência nas atividades de enzimas e receptores.

"A boa alimentação desde o nascimento, começando com o aleitamento materno, é a garantia de que a criança crescerá com todo o potencial genético, com maior resistência, energia, vitalidade e saúde", conclui a nutricionista Roseli Rossi.

Benefícios do aleitamento materno:

* O leite materno tem uma composição de nutrientes adequada às necessidades da criança durante todo seu crescimento.

* A amamentação fortalece a musculatura da face e da boca do bebê o que previne futuros problemas na fala e na oclusão dos dentes.

* O consumo de leite materno está relacionado com o desenvolvimento cognitivo e sensorial do bebê.

* A mãe tem uma melhor recuperação do peso normal, pois produzir leite gasta muita energia.

* Fortalecimento do vínculo entre a mãe e o filho garantindo segurança, tranqüilidade, carinho e amor.

A composição do leite humano varia de uma mãe para outra, de um período de lactação para outro e até durante as horas do dia. As variações de mãe para mãe são afetadas por variáveis como a idade materna, número de gestações, saúde, idade gestacional, equilíbrio emocional e ambiente. O estado nutricional da mãe pode influenciar o volume e o conteúdo nutricional do leite, principalmente no que se refere à deficiência de vitaminas e minerais. Especificamente quanto ao volume, há uma relação com o estado de hidratação materna e segundo ALAN (Archivos Latinoamericanos de Nutrición, 2004) o consumo de álcool pode diminuir não só o volume de leite, mas também o aumento da concentração de gordura e redução da lactose na composição do leite.

A nutricionista Roseli ressalta que durante a lactação não é recomendável se fazer dietas hipocalóricas, pois pode proporcionar deficiências nutricionais para mãe e consequentemente interferirem negativamente na lactação.

Estágios do Leite humano:

O leite materno tem composição variável de acordo com o estágio de lactação.

Colostro
Secretado nos primeiros cinco dias após o parto, de consistência espessa, amarelado pela alta concentração de beta-caroteno. O conteúdo em minerais também é alto, sendo mais rico em sódio, potássio e cloretos do que o leite maduro. Fornece 54kcal/dl. Seu volume varia de 2 a 20 ml/mamada É exatamente que o bebê precisa nos primeiros dias de vida. O colostro é laxativo e auxilia a eliminação do mecônio (primeiras fezes muito escuras). Isto ajuda a evitar a icterícia.

Leite de Transição
Produzido entre o 5º e 15º dia de vida da criança, sofrendo alterações na sua concentração e volume até atingir um volume estável e modificando sua composição até atingir os valores médios do leite maduro.

Leite Maduro
É o que segue ao leite de transição. Tem volume e composição estáveis. Fornece em média 70 kcal/dl., com volume de 700 a 900 ml/dia. Contém todos os nutrientes que a criança precisa para crescer.

A principal variação biológica do leite materno é a que ocorre durante a mamada: o leite que sai no início, chamado de anterior, é mais aquoso por ter menos gordura e, consequentemente, menos calorias. Desse modo, deve-se garantir que a criança, ao mamar, esvazie um seio em cada mamada para receber o leite posterior que tem maior quantidade de gordura e, portanto, mais energia.

Interferências alimentares no leite humano

O leite materno reflete diretamente os sabores dos alimentos ingeridos pela mãe, principalmente os que apresentam sabor mais acentuado como alho, hortelã, álcool e baunilha. A exposição a estes sabores é um fator determinante na aceitação de alimentos após desmame, levando a criança a preferir alimentos já conhecidos.

"As diferentes substâncias consumidas pela mãe passam diretamente para o leite materno", comenta a nutricionista Roseli.

A passagem de beta-lactoglobulina presente no leite de vaca ingerido pela mãe já foi detectada no leite materno e responsabilizada pelo quadro clínico de alergia de lactentes amamentados exclusivamente ao peito. "A predisposição genética para quadros alérgicos ao lactente pode ser sensibilizado precocemente caso a mãe inclua os alimentos que os contêm em sua dieta", alerta a nutricionista. A suspensão do leite de vaca e seus derivados da dieta da mãe podem eliminar os sintomas, porém esta suspensão deve ser feita com orientação nutricional para que não haja deficiência de nutrientes importantes como, por exemplo, o cálcio.[14]

Condutas alimentares maternas recomendadas durante a amamentação:

* Ingestão suficiente de líquidos (água), no mínimo 2 litros de água por dia;

* Uma alimentação rica em cereais integrais, carnes brancas com menores teores de gorduras (grelhadas, assadas e cozidas), leguminosas, alimentos ricos em cálcio (vegetais verde escuros, leite e derivados), legumes e verduras, frutas, azeite de oliva e sementes oleaginosas. A ingestão de peixes, linhaça ou outros alimentos fontes de ômega 3, no mínimo 3 vezes por semana garante os níveis deste ácido graxo essencial no leite materno.

* Evitar a ingestão de álcool, café, chá mate e preto neste período para não interferir na composição e sabor do leite;

* É recomendada a exclusão de algum alimento da dieta, quando houver comprovações de que este alimento faz mal à mãe e ao bebê.

Créditos:

Clínica Equilibrio Nutricional

Nutricionista Roseli Rossi

Site: www.equilibrionutricional.com.br

 

Esta matéria chegou até aqui através da amiga Cristina

Obrigado!

Publicado por Angel@ - BabyClub às 14:14

O BabyClub

selobaby

 selobaby2

Estes são os selos do BabyClub, para colocares no teu blog, basta copiar o código que se encontra dentro da caixa.



partilha


Se quiseres partilhar
- a tua experiência de parto
- de amamentação
- a tua história de infertilidade
- mala para a maternidade
- ou alguma coisa que te interesse (sobre este tema, bebés, gravidez, parto...)
podes faze-lo, basta enviares um e-mail para: babyclubmail@sapo.pt com o teu testemunho e podes assim ajudar outras mães ou futuras mães.

Todos os casos que me chegarem serão publicados e com a respectiva identidade.

Publicidade
Aproveita o desconto imediato de 10€ que a Vertbaudet tem para te oferecer carregando neste código

Aproveita 5% de desconto para todas as encomendas com o código promocional na Eurekakids PT.

Desconto de 15% em todos os produtos da marca BodySolid com o código , campanha válida até 31 de Maio de 2008.

Pesquisar no BabyClub
 

Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
15
16

18
19
20
21
23
24

25
26
28
29
30
31


blogs SAPO